Rua da Carreira

21:15 Paulo Camacho 0 Comments


A Rua da Carreira, no Funchal, é uma das mais antigas da cidade. Já são conhecidas referências a esta artéria da capital no século XVI, e, ao longo da história teve nomes como Carreira dos Cavalos ou Carreira Velha dos Cavalos. Deve o seu nome à existência noutros tempos de corridas de cavalos.
Atualmente, vai desde o Largo da Igrejinha até a ponte de São João.
Chegou a estender-se até ao Largo do Colégio, atual Praça do Município. Estas poucas centenas de metros deram lugar a uma nova artéria chamada Rua Câmara Pestana.

Ao longo dos anos, a Rua da Carreira não teve este nome em toda a sua extensão. Vários trechos tiveram outras designações.
— Igrejinha, desde o princípio da artéria até ao largo com o mesmo nome;
— Pintos ou Bartolomeu dos Pintos, entre o Largo da Igrejinha e a Rua de São Francisco;
— Carreira, entre a Rua de São Francisco e próximo da capela de São Paulo;
— São Paulo, desde o pequeno largo que fica em frente à capela até à ponte de São João;
e, finalmente;
— Manuel da Grã. Desconhece-se a que parte da rua se referia. Sabe-se apenas que foi uma designação utilizada no século XVI.

A nível histórico podemos referir que esta rua antiga da cidade foi residência de muitas personalidades ilustres como João Gonçalves Zarco, navegador que achou a ilha da Madeira, o tenente coronel Artur Alberto Sarmento, historiador, geólogo e mineralista, e ainda o Dr. Ângelo Augusto da Silva.

Uma referência especial ainda para Vicente Gomes da Silva que ali residiu igualmente num edifício onde existia e se mantém o seu Museu Photografia “Vicentes”.
Nesta rua existem duas capelas: a de São Paulo e a de Nossa Senhora da Conceição, e o cemitério privado dos ingleses.

A Rua da Carreira tem cerca de 766 metros de comprimento.

por Paulo Camacho

0 comentários: